Falha grave nos processadores da Intel atinge a maioria das CPUs

Falha em processadores da IntelFalha de segurança é sempre um assunto que assusta todos os usuários de computadores atualmente e, infelizmente, esse assunto veio à tona no início de 2018 quando descobriu-se uma falha de segurança atingindo nada menos do que todos os processadores da empresa Intel lançados nos últimos 10 anos.

Quais os riscos dessa falha

O assunto é assustador e o estrago pode ser enorme porém, a falha é algo simples, trata-se de uma falha no design que supostamente deixou expostas algumas partes da memória do kernel do sistema dos computadores, permitindo assim que softwares mal intencionados fossem capazes de acessar diversos tipos de informações pessoais dos usuários, como login e senha por exemplo.

Para quem não conhece, o Kernel é um componente essencial do sistema operacional responsável pela interação entre hardware e software e, por ser tão importante, o kernel possui vantagens na arquitetura de um computador o que nos leva a crer que qualquer falha nessa arquitetura pode ser catastrófica.

A falha se encontra nos computadores pertencentes ao modelo x84 e 64-bits e pode estar atingindo Windows, Linux e macOS, ou seja, é importante que os usuários dos computadores com processadores da Intel verifiquem o modelo de suas máquinas para saber se correm o risco de estarem expostos à falha de segurança

Preocupada com a segurança dos usuários, a Intel já lançou nota informando que pretende corrigir a falha de 90% dos computadores vendidos nos últimos 5 anos até o final dessa semana e ir corrigindo o restante até que todos estejam com a segurança afirmada.

A correção é realizada através de um software que separa a memória do kernel dos processos dos usuários e é efetiva porém, sua realização pode levar a uma queda do desempenho da máquina que vai de 5 a 30% e além disso, é um processo que sairá bem caro para a Intel.

Você pode gostar...