Microsoft anuncia o Windows Virtual Desktop no Azure

Windows Virtual Desktop no AzureA Microsoft tem investido na acessibilidade ao Windows e, para isso, lançou recentemente o Windows Virtual de Desktop que, basicamente é a versão do Windows e do Office que rodam dentro do Azure que, para quem não conhece é uma plataforma de aplicativos e serviços que funciona na nuvem além de ser voltada para o ambiente empresarial tendo suas funcionalidades desenvolvidas diretamente para esse meio.

 

Conheça as vantagens de utilizar Windows Virtual Desktop no Azure

 

Quem já utiliza o Azure conhece as vantagens de uma plataforma na nuvem voltada para ambientes corporativos porém, a Microsoft está sempre pensando além e resolveu criar a versão do Windows virtualizada dentro do Azure para facilitar a utilização deste sistema por seus usuários.O Windows Virtual Desktop basicamente é uma versão do Windows 10 baseada na nuvem, que oferece uma otimização do Office 365 além de incluir atualizações de segurança gratuitas, advindas do Windows 7.

O serviço de virtualização do Windows estará presente no Azure no início de 2019, e irá oferecer várias vantagens principalmente para usuários corporativos, como a capacidade de vincular vários usuários, suporte para aplicativos de grande porte como o Cortana e o Edge, melhor compatibilidade com Win32 etc.

O funcionamento do Windows Virtual Desktop será bem simples, onde o usuário terá acesso a um plano de controle fornecido pela Microsoft, onde poderá gerenciar a infraestrutura de acordo com os aplicativos dos quais irá se utilizar para atingir seus objetivos, depois de personalizar a plataforma, basta replicá-la para os usuários finais.

Para quem ficou interessado nesse novo serviço, é importante ressaltar que estará disponível em três modelos: Enterprise, Business e Educations, lembrando que estará disponível gratuitamente no Azure desde que o usuário possua uma licença Enterprise do Windows E3, E5, e/ou Microsoft 365 E3, E5 e F1.

As funcionalidades deste serviço são inúmeras, e uma das mais interessantes é a integração do OneDrive for Business com o Windows Multiusuário que não exige que o usuários sincronize todos os arquivos, mas sim, aqueles dos quais se utiliza mais ou que julga mais importante, ou seja, é de livre escolha do usuário quais arquivos devem ser sincronizados no cachê do Virtual Desktop.

Você pode gostar...