Microsoft bloqueia arquivos com conteúdo malicioso incorporados no Office 365

Office 365O Office 365 é um pacote que permite uma ampla variabilidade de montagem de arquivos para seus usuários, podendo estes criarem novos arquivos ou editar antigos de maneira rápida e prática. Por permitir que seus usuários abram arquivos em sua plataforma, o Office 365 pode se tornar alvo de perigos que rondam o ambiente virtual, ou seja, a plataforma também está exposta aos perigos de vírus e malwares, por isso é importante que exista algum tipo de proteção.

 

Como funciona a proteção de arquivos incorporados do Office 365

Visando proteger seus usuários de ataques maliciosos dentro do Office 365, plataforma que é exposta a quase todos os tipos de arquivos existentes no ambiente virtual, a Microsoft criou um método para bloquear arquivos que representem algum perigo.

A proteção por parte da Microsoft já existia, o que de fato aconteceu foi uma atualização da lista de arquivos bloqueados no Office. Essa atualização ocorreu após a empresa observar a publicação do relatório de um pesquisador que ensinava como alguém poderia incorporar um arquivo dentro do Office 365 podendo rodar código no Windows 10, o que não é visto como seguro, já que abre portas para a infiltração de arquivos com conteúdo duvidoso.

O método de segurança do pacote Office funciona de maneira simples, a Microsoft possui uma lista (a qual foi atualizada) dos arquivos que são proibidos de serem incorporados no pacote, a partir daí o usuário é impedido de incorporar esses arquivos, possivelmente maliciosos, através do OLE (Object Linking and Embedding), um recurso que tem como principal função a proteção do Office 365.

Os usuários devem entender que se trata de uma medida preventiva que visa principalmente sua segurança e, caso haja a tentativa de execução de alguns desses arquivos maliciosos cadastrados no OLE irá aparecer um erro na tela do computador, ou seja, é possível que o usuário reconheça que abriu um arquivo considerado malicioso pela Microsoft através da mensagem de erro exibida na tela.

Você pode gostar...